sábado, 21 de setembro de 2013

BOCÃO



A boca dormitório de queixumes é o próprio inimigo

quando não sabe calada engolir o perigo

De proferir palavras menos ajuizadas de ternura




Sem comentários:

Publicar um comentário