domingo, 8 de setembro de 2013

A BAÍA DOS PENSAMENTOS




Acordo adiantado à manhã

Lá fora a noite ainda não clareou
Deslizo-me capaz à frente do dia
antecipando o agora, que ainda não se passou

Vou mais longe do que um gesto
Ajustando momentos
Optimizo opiniões
Modelando caminhos
Rectifico opções
Definindo com clareza o mar crespo das contradições
que se espraiam distantes

Ao meu redor
surpresas e segredos convergem-se banais
Aguçando-me o sorriso
por me sentir mais à quem dos demais
Que se intrigam e depreciam duvidando

E vou compondo
Escrevendo
Sorrindo
Observando
Fluindo
Através de palavras que me carregam a voz
Mais além do que a foz
que se esvai...
Na baía procrastinada dos pensamentos


Sem comentários:

Publicar um comentário