segunda-feira, 11 de agosto de 2014

CONQUISTADOR

Tudo o que te aguarda é uma conquista
Um modo imperativo de ser
Um ato rasgado de trivialidades
Um horizonte aglomerado de histórias

Tudo o que te aguarda é uma conquista
Uma saída à entrada das emoções
Uma escolha no ventre da causa
Uma possibilidade no emaranhado das opções

Tudo o que te aguarda é uma conquista
Uma sede catastrófica de mobilização
Um desejo faminto a vitória
Uma memória sentida no peito

Tudo o que te aguarda é uma conquista
Numa batalha consumada no tempo
Numa oração arrancada ao infinito
Numa obra elaborada a pincel

Tudo o que te aguarda...
São conquistas!
Porque ninguém espera por ti
Nem se prostra numa esquina à hora exata
Impávido e restrito na periferia de um amanhã

Tudo o que te aguarda são conquistas
Tudo o resto é uma muralha, dando hospício à imaginação

Sem comentários:

Publicar um comentário