sábado, 10 de agosto de 2013

PLURALIDADES



Se um dia juntarmos a singularidade do tu e eu


Que pluralidade teremos...

Seremos incertezas a cada despertar

Ou teremos sorrisos rasgados sem nos importar

dos olhares e do julgar dos outros

Sem comentários:

Publicar um comentário