sábado, 15 de novembro de 2014

TACITURNO



Se hoje a tristeza me abraça-se, ela sorriria
Não por estar satisfeita ou a rejubilar de alegria    
Mas por se sentir imperfeita na sua capacidade de se entristecer

Tudo o que evidenciamos na escrita é uma forma intelectualmente bonita
de nos declararmos ao mundo
Pois o tempo é no fundo...
Recordações

3 comentários: