terça-feira, 16 de dezembro de 2014

MENTE APAIXONADA

Depois de um beijo, tudo ficou    
O tempo perdeu-se
Os olhos cegaram
Os dedos correram
As formas consulidaram-se
A respiração acelerou
Os pés pontificaram
A temperatura amadureceu
E o mundo parou
No, tu mais eu
Até que depois...
Bem, depois, tudo ficou
O dia nasceu
A luz raiou
As mãos vestiram-se
Os corpos apressaram-se
A boca sorriu
A pele roborizou
Um casaco apertou-se
E uma verdade ergueu-se, num peito agasalhado

Depois de um beijo o que restam são convicções
E certezas, que juntos somos mais que alguém

Sem comentários:

Publicar um comentário