domingo, 14 de dezembro de 2014

AVAREZA




"Se esperas equilibrar o passo com o proveito que levas à boca
Talvez a mão seja o órgão que mais te sofoca,  
a racionalidade da direcção"     
                                    

Arremessou-lhe estas palavras à cara
Olhando-a nos olhos... 
E despediu-se assim desta maneira
Não fosse mais uma vez cair na ratoeira e menosprezar o seu amor próprio
à muito vandalizado sob o espectro da paixão

Sem comentários:

Publicar um comentário