segunda-feira, 1 de setembro de 2014

MOMENTOS

Tudo o que passa
leva-nos de alguma forma
presos ou soltos na imaginação  
Tudo o que passa
subtrai-nos os dias na adição dos momentos
Tudo o que passa
exorta-nos acenos à contemplação
Tudo o que passa
quebra-nos imediatos tão fugazes
de haver premiado uma decisão...
Num simples safanão de destreza

Sem comentários:

Publicar um comentário